3.6.05

O Caso das Raquetes

Eu e o Leo nos demos, de dia dos namorados adiantado, raquetes de tênis. (Na verdade, compramos as raquetes primeiro e depois nos inspiramos na Thaís, que ganhou uma raquete de tênis de dia dos namorados adiantado.)
As raquetes são ótimas, mas na capa da minha tem um homem feio, enquanto na do Leo tem umas chamas bonitas. Só vi depois que a compra tinha sido feita, pois as raquetes ficam expostas sem a capa (e com razão! Ninguém ia comprar a raquete com a foto do homem feio).
Fiz bico e o Leo, bonzinho que é, propôs trocar as capas, mas a raquete dele é um pouco maior e, portanto, não rolou. Ele tentou me consolar dizendo que o homem feio é o atual nº 1 do ranking, Roger Federer. Mas não me consolei: e se ele cair? Minha raquete ficará datada! Todo mundo vai saber que ela foi comprada na época – idos tempos! – em que o Federer era o primeiro do mundo. Sou obrigada a torcer por ele por motivos puramente comercias. Se pelo menos a foto fosse do Guga, eu podia explicar usando a desculpa do patriotismo.
Mas não seja por isso: para contrabalançar o moço feio, colei na raquete um adesivo da Hello Kitty.

Um comentário:

Julio Yoshinari disse...

Eu usaria o adesivo do Bart Simpson mostrando a bunda. Afinal de contas, a bunda do Bart não sai de moda...