13.6.05

O Caso do Dia dos Namorados

Apesar do Leo precisar trabalhar no dia 12 (parada mensal da empresa), e eu ter umas leituras para fazer, o fim-de-semana acabou sendo romântico: fomos no Baile dos Namorados no sábado.

Só deu casais de dançarinos. Até nos arriscamos na pista de dança, mas ficamos a maior parte do tempo na mesa com amigos da mesma idade (abaixando a média etária do evento para uns 63 anos).

O clima cooperou: fez um friozinho, mas não choveu. O que não cooperou foi meu guarda-roupa: experimentei um bocado de combinações até conseguir chegar num resultado que não fosse nem cara de trabalho, nem perua total.

Se bem que, como tinha até casaco de pele na festa, até que eu não me sentiria produzida demais, não.

3 comentários:

* Isa * disse...

Um Baile dos Namorados! Que sensação! Que inveja!
O meu dia dos namorados foi muito triste - só almocei com meu namoradito e fiquei fazendo trabalho o resto do dia. Mas tenho fé que no findi que vem eu não vou precisar fazer trabalho de Redes e vou poder encontrar com ele propriamente, num daqueles barzinhos simpáticos que eu te indiquei (falando nisso, vc teve algum feedback?)

DaniMarco disse...

Eu te disse, eu te disse! O povo por aqui adora um brilhinho. Espero que o baile tenha sido ótimo. Nós não saímos de casa... Alguém sabe de um barzinho simpático - aqui em Valadares?

Anônimo disse...

Dúvida: o post da Ayane sobre inventar para postar todo dia era para vc??? Hein? Hein?