14.9.05

O Caso do Tampo da Mesa

Quando o Leo e eu decidimos comprar vários móveis caríssimos para nossa casa (aproveitando a promoção de 25% de desconto), o pessoal da loja nos tratou com todo amor e atenção durante todo o processo. Aí a gente pagou... e a coisa mudou.

Adquirimos uma linda mesa quadrada com tampo de cristal bisotado. O tampo não coube no elevador e teve que ser transportado no muque por 10 andares de escada. Resultado: um quebradinho de um dos lados, quase invisível – mas que eu já percebi, então ele me incomoda grandemente. Infelizmente, não fui eu que recebi a mesa, se não eu teria reclamado na hora, mas conversei com a gerente da loja e ela me garantiu que claro, sem dúvida, uma troca seria efetuada imediatamente.

Estou esperando até hoje. Além da promessa feita ao vivo, já liguei duas vezes para a loja e nas duas vezes ela jurou de pés juntos que estava mandando entregar no mesmo dia. Ainda bem que eu fiquei esperando sentada (no sofá que eu comprei junto com a mesa).

Não bastasse o quebradinho, os carregadores da loja instalaram o tampo sobre o pedestal de madeira igual os narizes deles. As gotas de silicone não estão muito limpas e dá pra ver uns restos de cola nos cilindros de metal no qual o tampo se apóia. Um horror.

Será que eu vou ter que apelar para o Procom?

Nenhum comentário: