3.5.06

O Caso das Tulipas

Não tinha tulipas abertas pelo Keukenhof, só nas estufas, mas eu que sou uma menina esperta interroguei sem pena dois pobres funcionários e cheguei às seguintes respostas:

- Sim, geralmente há tulipas no Keukenhof nesta época do ano (metade de abril);
- Não, elas não abriram porque está fazendo um frio atípico.

Quer dizer, os campos de tulipa estavam lá, só que elas ainda não havia desabrochado (urgha).

Também consegui arrancar dos funcionários que as tulipas abrem quando o termômetro bate em 15º C. Então, pelo resto da viagem fiquei vigiando o clima da região. Porque ir à Holanda e não ver tulipas, ora! É como ir a Roma e não ver o papam.

Mas vocês vêem, faz total sentido que as tulipas abram quando o clima esquenta. Porque, à medida que a temperatura passava dos 7 para os 10, 11 e 12 graus, eu passei usar menos camadas de roupa (que inicialmente eram cinco). E o Leo, que romanticamente comparava eu e minhas camadas a um bulbo (a cebola da qual nasce a tulipa), disse que as tulipas provavelmente estavam fazendo igualzinho.


Ele estava certíssimo.

2 comentários:

Anônimo disse...

Que lindo!
Mas que história é essa de Papam? Ah, lembrei: Habemus Papam!!
Beijo,
Dani

* Isa * disse...

eu adoro o papammmmmm!
tinha até esquecido disso, mas agora lembrei =)