6.7.06

O Caso das Línguas

Eu falo bem inglês, português (olha não é todo mundo que pode dizer isso!), arranho o francês (o suficiente para reclamar que ficamos trancados em uma estação de metrô subterrânea e entender as instruções de escape) e tenho um portunhol irado (o Leo se escondia de vergonha, mas na nossa lua-de-mel na Argentina eu batia altos papos com o povo, principalmente com os motoristas de táxi. Não entendia metade do que eles respondiam, mas tudo bem).

Quando fomos à Holanda, fiquei frustradíssima por não ter conseguido aprender nem um pouquinho de holandês. Algumas palavras escritas dá para sacar, mas a pronúncia não tem pé nem cabeça. Voltei tendo adqurindo unicamente um “hallo!” (que é o hello deles) suspeitíssimo.

Agora ambiciono aprender italiano. O Leo arrumou um curso em áudio ótimo. Você não aprende a escrever nem uma palavra, só a entender e a falar, mas tá valendo. O legal é que o curso é em inglês, então você treina duas línguas ao mesmo tempo! E como italiano tem raízes latinas, eu me divirto muitíssimo tentando adivinhar como vão ser as palavras. E acerto um montão!

As coisas mais legais que aprendi até agora são (desconsiderem a grafia, que o curso não ensina):
“carrozza de treno” (vagão de trem)
“tavola viciana de la finestra” (mesa ao lado da janela)
“fermata del’autobus” (parada de trem)

Para aprender a escrever, estou tentando assinar uma revista em italiano. Digo tentar porque, para assinar, você tem que se cadastrar no site da editora e estou até hoje esperando o e-mail de confirmação.

Talvez na Itália os computadores sejam tocados a manivela.

3 comentários:

Anônimo disse...

Ei Lud!

Tudo joia?

Não se preocupe, vc vai tirar de letra! Digo isso porque fiz dois anos e meio de francês, e agora tenho que fazer italiano por conta da Fiat... mas as gramáticas são bem parecidas (lembra do passado, que se usa com o verbo ser e haver? parecidíssimo). Você tem a opção de assistir o canal RAI na TV a cabo também, que ajuda um pouco na pronúncia! Agora... não queira chegar nas preposições... é osso!!! rsrsrs...

Beijos,

Christina

Lud&Leo disse...

Oba! Oba! Quer dizer que vou poder treinar meu italiano conversando com você!

Anônimo disse...

posso tentar!!!! rsrsrs

Christina