11.8.06

O Caso do Sonho

Hoje eu sonhei que eu tinha comprado um velocípede amarelo com rodas azuis. Ele era igual a um pedalinho desses que alugam para passear em lagos, só que era terrestre e de plástico. No meu sonho eu pedalava alegremente pelas ruas de Fabri, até que aparecia uma subida e eu decidia descer dele e empurrá-lo. Só que eu me empolgava e empurrava demais, e ele acabava chegando a uma ladeira e disparando rua abaixo. Aí a cidade virava BH, a rua, a Contorno, e eu saía correndo atrás do carrinho, mas só chegava a tempo de ver uma moça se apoderando dele e o vendendo para o moço ao lado por cinco reais (sendo que eu tinha pago seis!). Então eu brigava com os dois, falava que o carrinho era meu, mas nenhum deles se convencia.

O resto do sonho era um longuíssimo debate entre eu e a moça, até que ela perdia a paciência e me dava os cinco reais que o moço tinha pago a ela. Eu dizia que não queria o dinheiro, queria o meu carrinho, e no final das contas ela ameaçava me trancar no quarto durante um dia inteiro porque eu a tinha perturbado demais.

Eu conseguia escapar e ia atrás do moço, que estava dando sopa na rua. Aí ocorria outro longuíssimo debate, comigo dizendo que as rodas do carrinho estavam desgastadas, que o carrinho era usado, que era só ele ver, mas o moço já tinha guardado o meu velocípede amarelo no porta-malas e não queria tirar de jeito nenhum.

Nessa hora eu acordei e passei vários minutos de minha vida contando esse interessantíssimo sonho para o Leo. Que, por sua vez, reclamou que eu nunca sonho com ele.
Mas, como ontem o Leo estava de camisa amarela exatamente do tom do carrinho e calça jeans da precisamente da cor das rodas e do volante, eu disse que eu sonho com ele sim.

5 comentários:

Anônimo disse...

Ei Lud...

Daqui a pouco vc vai dizer que ele ta desgastado que nem o carrinho também!!! rsrsrs..

Beijo,

Christina

Lud&Leo disse...

Mas você vê que mesmo desgastado eu estava disposta a lutar por ele.

Anônimo disse...

Bom argumento! Vc venceu!!! rsrsrs...
Christina

* Isa * disse...

então o leo novo vale 6 reais, e o desgastado vale 5? =D que desvalorização pós casamento!

* Isa * disse...

não escreve mais não, mulé? ateh eu escrevo! =D