20.9.06

O Caso do Curso

Estou fazendo um curso em BH a trabalho e só volto no sábado. O melhor de tudo é que a ida e a volta são de avião. Tudo bem que o avião é meio teco-teco, e faz tanto barulho que você se pergunta se não entrou por engano na turbina, mas os caramelos que eles servem na decolagem são muito bons.
Estou me divertindo às pampas no comércio local. Tenho uma hora e meia de almoço, e gasto toda ela entrando e saindo de lojas, shoppings e galerias. Devo ser a cliente que as vendedoras mais odeiam: entro toda simpática e bem-vestida (afinal, eu estou fazendo um curso a trabalho!), reviro a loja toda, experimento um tanto de coisa, e aí digo que o verde-musgo/roxo-beterraba/vermelho-tomate da roupa me deixam amarela e vou embora. E nem faço por mal: é que eu sou enjoada mesmo.
Ontem finalmente descobri uma loja que eu gostei. É a Gregory, e as roupas são todas fofoluchas e distintas. Só que ainda não chegou o dia em que eu vou dar 155 reais numa camisa.
Quem sabe depois do próximo concurso.

Nenhum comentário: