1.12.06

O Caso da Ansiedade

Descobri que sou ansiosa, muito ansiosa. Quero resolver minha vida toda, agora, e rápido. Quero ter certeza do clima do fim do mês, da cotação do dólar no fim do ano que vem e do salário com que vou me aposentar. Quero um calendário mágico que me diga quanto tempo vou ter que estudar para passar em outro concurso, quanto tempo vou ter que ficar na academia para entrar em forma, e quanto tempo vou precisar para dominar essa ansiedade e virar uma pessoa calma e contente.

O pior é que, não satisfeita de me afligir com os rumos de minha própria vida (e sem muito motivo, eu reconheço), me aflijo com os rumos da vida do Leo também. Já tenho os próximos três anos de vida dele traçados. Numa planilha.

Já ele não esquenta a respeito de um futuro incerto sobre o qual não temos controle. Mas também, para que se preocupar, se eu me preocupo por nós dois?

Um comentário:

DaniMarco disse...

Bem que eu desconfiava. Quem escolhe a roupa que irá em uma festa uma semana antes, e uma de plano B pra se chover, e outra de plano C para se fizer frio, todas com os respectivos sapatos e adereços, só pode ser ansiosa. Ah, se vc descobrir o preço do dólar pro ano que vem, me conta...