21.3.07

O Caso das Americanas em Paris

Na internet se encontra de tudo – inclusive discussões interessantíssimas em fóruns de viagem nas quais americanos perguntam como vestir-se em Paris para não ser maltratado pelos locais. Eu nunca fui maltratada pelos locais, mas eu ando de metrô e vou a museu. Já os americanos são um povo rico, cujo programa é freqüentar lojas finas e restaurantes sofisticados.

Nas discussões, há quem responda que a pessoa deve andar chique, sim, ou os parisienses vão torcer o nariz para ela. E tem os que rebatem que o importante é estar confortável para caminhar quilômetros pela cidade, e se os parisienses são enjoados, problema deles. Eu concordava com essa segunda opinião, que me parecia sensata, até descobrir o que é que os americanos consideram “confortável”:

- tamancos de sola de borracha;
- sandálias esportivas do tipo Birkenstock;
- sapatos ortopédicos;
- tênis de ginástica, de preferência brancos e reluzentes;
- calças de moletom;
- casacos de moletom;
- bolsas grandes de tecido;
- pochetes de cintura;
- viseiras.

Nem aqui no Brasil um turista vestido desse jeito vai receber muitos agrados das lojas alinhadas.

Põe essa roupinha e vai na Daslu, vai. E depois quero ver alguém dizer que os franceses é que são esnobes.

Nenhum comentário: