16.3.07

O Caso do Ovo de Páscoa

O Leo teve a fantástica idéia de comprar um ovo de Páscoa adiantado, porque a Páscoa é o meu feriado preferido (o que eu acho que não surpreende ninguém). Ele trouxe para casa um ovo Serenata de Amor de 250 g. Estava (ou melhor, está, porque metade dele ainda vive) maravilhoso.

Sim, eu sei que ovos de Páscoa custam o dobro do preço do mesmo chocolate em formato de barra. Sim, eu sei que ovos de Páscoa são uma invenção de marketing para fazer a gente comer mais chocolate do que de costume. Ainda assim, o ovo de Páscoa tem uma vantagem imbatível: ele é feito de chocolate novo, novinho, novíssimo. E há sabores de ovo de Páscoa que não existem no resto do ano!

Um exemplo é o próprio Serenata de Amor: chocolate ao leite com pedaços crocantes não sei bem de quê. Uma gostosura.

PS – inspirada pelo ovo de Páscoa fora de época, inventei uma palavra nova: deliciovo (que é um ovo de chocolate delicioso). Utilização: cuidado para não levar uma cotovolada (cotovelada provocada pela ânsia de chegar perto dos deliciovos).

3 comentários:

Anônimo disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkk... ótimo: deliciovo!!! Cotovoladas!!!

DaniMarco disse...

Acho que vou instalar o ovo de páscoa adiantado por aqui também. Marco Antonio: hint! hint!

Anônimo disse...

hehehe...

lembrei do mocolate, um novo chocolate utilizado pela Mônica, do Friends para criar novas receitas...
Excelente! Adorei o deliciovo!!

beijo,

Christina