17.4.07

O Caso da Roupa Nova do Imperador

O Leo está precisando de roupa. O Leo odeia comprar roupa.

Durante muito tempo, ele resolveu o problema pedindo camisas de natal e de aniversário. Infelizmente, agora ele precisa é de calças.

No sábado, fui autorizada a ir com ele comprá-las, mas tive que obedecer às seguintes diretivas:

1) ser rápida, objetiva e direta;

2) dizer “sim” ou “não” para as roupas que ele experimentar e pronto;

3) não chamar a vendedora pra ver a roupa nele;

4) não ficar detalhando para o vendedor a razão pela qual a peça não agradou;

5) não confraternizar com a vendedora;

6) não ficar explicando ao vendedor a razão, o evento ou a necessidade que motivou a compra.

O engraçado é que eu achei que eu não fazia nenhuma dessas coisas, mas na loja tive que me segurar para não fazer muitas delas!

No fim das contas, as regras resultaram em uma compra rapidíssima e praticamente indolor.

Acho que vou adotá-las.

3 comentários:

Luisa disse...

Eu passo por aqui todos os dias e não comento... Mas o fato é que não sou muito boa em comentários...

Mas saiba que eu acho que você escreve otimamente...Faz muito bem pro meu humor ler o seu blog...!!!!


Super beijo

* Isa * disse...

aeeeeeeeeeh! os comentários voltaram a funcionar! =)
o leo tem regras legais pras roupas, mas que tiram toda a graça das compras...

* Isa * disse...

aeeeeeeeeeh! os comentários voltaram a funcionar! =)
o leo tem regras legais pras roupas, mas que tiram toda a graça das compras...