29.5.07

O Caso do Tratamento Alternativo

Eu estava há seis meses sem doença alguma, e aí... primeiro veio a fariginte; duas semanas depois, um gripe me derrubou.

Voltei ontem ao otorrino, que quis me lascar outro antibiótico. Mas eu protestei, porque eu mal tinha acabado de tomar o primeiro. Aí ele me propôs um tratamento alternativo: um remédio descongestionamente, outro que fluidifica secreções do sistema respiratório (nojento, né?) e aplicação de soro fisiológico nariz abaixo, dez mililitros em cada narina, quatro vezes por dia NO MÍNIMO.

Já que era pra escapar do antibiótico, lá fui eu. Garanto a vocês, injetar líqüidos pelo nariz é uma experiência única. Primeiro vem a sensação de que você está se afogando. Depois você descobre que, se não inspirar, o soro não desce (ou seja, você passa a se afogar voluntariamente!). Na terceira aplicação, você se dá conta que se você posicionar a seringa em um ângulo reto em relação ao chão (o que significa que o seu pescoço vai ficar em um ângulo inimaginável, só atingível com a ajuda de uma cama e dois travesseiros artisticamente posicionados), ela encontra o ponto certo e aí o soro vai que é uma beleza. Ainda assim, nada de levantar a cabeça imediatamente após a aplicação: tem que dar umas respiradas para ajudar, ou o soro espirra todo pra fora.

Se o auto-afogamento periódico não funcionar e no final das contas eu tiver que tomar antibiótico, vou ficar danada da vida.

3 comentários:

ana cereza disse...

melhor que isso só quando o soro desce pra sua garganta.
fazer isso durante 2 anos por causa de rinite é uma beleza...

=)

* Isa * disse...

ó lud, pare com o drama. eu uso o espirrador de nariz há anos, pra ver se as melecas que causam minha sinusite descem... =I

Anônimo disse...

Lulu, você também não pode esquecer que este tratamento poderá ter influência no cardápio indicado pela sua nutricionista.
Ora, a água melecosa saída da sua cavidade nasal descerá para a oro-faringe e daí para o esôfago (pois para a laringe/traquéia é que não irá, pois se não você se afogaria de verdade), acabando no estômago.
Assim, como na verdade você estará comendo meleca, estará ingerindo mais calorias, pois essa se trata de calóricos mucopolissacarídeos...

Está na hora de vc rever seus conceitos alimentares. Pense nisto!

Marco