26.7.07

O Caso do Vestido Infinito e a Vida Real

O vestido infinito foi usado 4 vezes na viagem e ganhou nota 6,5. Ele tem vantagens: não amassa, não mostra sujinhos – já que é preto – e é confortável. A desvantagem é que, já que ele é preto, as diferentes amarrações que fazem o modelo variar praticamente não aparecem. Portanto, levar na mala um pretinho básico ao invés de um vestido infinito faria praticamente o mesmo efeito.

Além disso, o vestido acabou ficando muito longo, então toda vez que eu o colocava achava que estava indo para um baile. Vou mandar cortar um pedaço e talvez a coisa melhore.

Se bem que, pensando bem, numa das vezes em que o usei esfriou e eu consegui transformar o modelo sem mangas no modelo com mangas até os cotovelos (e não pude mais abrir os braços, mas aí já são outros quinhentos).

Acho que vou subir a nota do vestido infinito para 7,5.

4 comentários:

Camilinha disse...

Olá Lud, tudo bem?
Vai ter bastante história para contar para gente agora, né? Eba!
By the way, dá pra postar uma foto deste pretinho básico só pra dar uma idéia???
Beijos!
p.s.: a gente tem um papo de dieta pendente, né? Mas como meu note foi pro espaço, eu perdi seu e-mail
"o-ou"

ana disse...

ô. eu sou louca pra entender esse vestido infinito.
posta aê uma foto, hein?!

abraços!

Aline ^__^ disse...

hauhauahua^^
Também quero um vestido infinito!
Rosa de preferência, por favor!
^^ Adorei seu jeito de escrever!
Adorei o blog!
Bjins, Aline

isabel disse...

quero um vestido desse pra mim!