3.9.07

O Caso da Pupila

Vai chegar uma funcionária nova aqui no trabalho e fui encarregada de treiná-la. Estou animadíssima. Eu sempre quis ser professora (para moldar cerebrozinhos inocentes, hohoho) e esta é a minha grande chance de ver se dou para a coisa mesmo ou é só garganta.

Da última vez que chegaram funcionários, eu bem que tentei me candidatar para ensiná-los, mas o chefe preferiu outra pessoa, aquela que o pessoal novo ia substituir. O que faz sentido, mas não deu muito certo, por vários fatores. Um deles é que tentaram passar para o povo novo muita coisa em pouco tempo, e eles ficaram perdidinhos, coitados.

Tentarei não cometer o mesmo erro. Vou explicar cada coisa devagar, e só passar para a seguinte depois que a primeira estiver dominada. Vou sorrir muito, dizer muitas palavras de incentivo, falar que trabalhar aqui é ótimo e que ela está indo muito bem. Já fiz um roteiro passo-a-passo no Word e uma planilha no Excel explicando onde está o quê.

Está só faltando uma musiquinha para cada sistema.

Um comentário:

Dani-BH disse...

Ei Ludmila!!Eu leio seu blog!!!vou me defender... eu tinha pouco tempo pra treinar os novatos!!por isso foi tudo tão corrido!!!melhor mesmo teria sido vc treiná-los já que estaria lá pra dar suporte integral!mas o que passou, passou né!!!Bjim