9.10.07

O Caso do Mistério

Eu realmente queria saber por que, nas correntes transmitidas pela internet, as pessoas insistem em impingir aos mais diversos escritores textos que obviamente não são de sua autoria.

Qualquer redaçãozinha com ambições a humor só pode ser do Luiz Fernando Veríssimo. Tiradas sarcásticas pertencem ao Arnaldo Jabor. Sentimentalismos são atribuídos a Gabriel García Márquez ou a Fernando Pessoa, o que tiver mais azar no dia.

Se fosse um simples caso de confusão entre autores, até que passava. O problema é que a qualidade dos textos é, geralmente, horrenda. Qualquer pessoa com um mínimo de bom-senso devia desconfiar que aquelas banalidades não pertencem a um escritor sequer razoável!

Fico imaginando um Salieri literário enviando textos baratos por e-mail e imputando-os todos ao Mozart.

Só pode ser isso.

Nenhum comentário: