17.10.07

O Caso do Seriado Brasileiro II

Vi o Brazil’s Next Top Model e achei péssimo. Os jurados parecem ter inveja das modelos; o organizador (um tipo parecido com o Buzz Lightyear – só queixo e testa, mas muito menos simpático), que devia ser um terceiro desinteressado, também é jurado; a apresentadora, a modelo Fernanda Motta, tem um sobrancelhão assustador e precisa trabalhar muito nas aulas de voz e expressão corporal.

Para completar, num país miscigenado como o nosso, quase todas as meninas são branquinhas, branquinhas. O mercado é preconceituoso ou a produção que é?

Um comentário:

Daniela disse...

Repito meu comentário: Eu vi uns pedaços do programa no domingo e a modelo brasileira que apresenta o programa (e que eu não faço a menor idéia de quem seja) é insuportável. Ela se acha, e fica imitando a Tyra Banks (que é outra que também se acha, mas pelo menos tem um monte de gente pra achar junto com ela). Sei não...
Agora deram de passar várias imagens dramáticas nas chamadas (meninas chorando, dizendo eu não aguento mais...). Agora que eu não assisto mesmo - já chega um big brother no mundo.