21.11.07

O Caso do Próximo Destino

Nossa próxima viagem será a mais ambiciosa de todas: quase um mês em um lugar a 16 horas de avião (partindo do Rio de Janeiro), no qual se fala uma língua quase ininteligível e se dirige à esquerda.

É a Nova Zelândia!

Tanto a equipe de comunicação (eu) quanto a equipe de transporte (o Leo) ficarão bastante atarefados. Em NZ se fala inglês, mas o sotaque é carregado (vimos um filme neozelandês para treinar e achei difícil de entender). Já o Leo vai ter que se virar para dirigir na mão inglesa, sentado no lado direito do carro.

Acho que os leitores mais espertos já tinham desconfiado. Também, com esse papo de bungee-jumping virtual, túnel de vento, esportes radicais...

Nenhum comentário: