27.3.08

O Caso dos Estudos de 2008

Estou estudando de novo. Dessa vez, a idéia é ir devagar e sempre, ao invés de estudar quatro horas por dia e largar mão depois de duas semanas. Vou estudar umas duas horas só, ou uma e meia, só nos dias de semana, sem estresse. O objetivo é parar enquanto eu ainda estiver com vontade, o que garante o início dos estudos do dia seguinte com um mínimo de empolgação.

Pela primeira vez nessa vida, estou estudando antes de sair o edital do concurso. Ou seja, nada de correria, de afobação e de deixar partes da matéria para trás. A ambição é conseguir chegar ao dia da prova com o programa todo visto. Já passou da hora de parar de ficar fazendo concursos “pra ver se dá”.

É verdade que o concurso no qual eu passei foi feito nesse esquema. Sim, é melhor fazer “pra ver se dá” do que não fazer. Mas melhor ainda é fazer “pra passar”.

Espero que os meus 16 livros de ficção-científica vencedores do prêmio Nébula demorem muito, muito pra chegar.

Um comentário:

delilah disse...

é só mudar a rota deles para salvador, bahia! =D