7.5.08

O Caso dos Filhos

Sim, eu e o Leo até escolhemos o nome dos gêmeos (Leomila e Ludnardo, né?), mas ainda não decidimos se vamos querer pequerruchos ou não. Para resolver a questão, saio perguntando pra galera a opinião de cada um, e saibam que esse é um ótimo puxador de conversa, porque todo mundo quer dar seu palpite.

A resposta generalizada é: “filho é muito bom, MAAAAAS dá muito trabalho.” Fico imaginando se essa resposta é um aviso velado que deve ser descodificado como “Fuja! Enquanto é tempo”. Afinal, pessoas integrantes da grande seita da maternidade foram reprogramadas, e portanto não tem permissão para dar uma resposta negativa direta. O máximo que eles podem fazer é dardejar olhares nervosos para o Pedrinho, que está destruindo os bibelôs da vovó mas não pode ser fisicamente reprimido porque a orientadora educacional proibiu. Dá pra desconfiar que o caso é aquele dos amigos que já pularam na piscina gelada e ficam gritando “Vem! Vem! A água tá ótima!”.

Enfim, o assunto está aberto à discussão.

* * *

Perdi mais 300 g desde ontem; o Leo perdeu o quádruplo. As coisas continuam indo bem.

* * *

Projeto Chocolate (em dias):
Lud 3, Chocolate 0

3 comentários:

Anônimo disse...

Lud,

Já que a discussão está aberta (apesar da gente já ter conversado sobre isso), faço minhas as palavras do Garfield: "Descubra a vida selvagem: Tenha Filhos!!!!".... rsrsrs

Beijo!

Christina

Anônimo disse...

Vc leu uma megapesquisa publicada na Folha umas duas semanas atrás sobre filhos? 15% dos entrevistados declararam arrependimento por ter tido filhos. Em compensação, 30% gostariam de ter tido mais! Acho que vc acaba se acostumando com a água, Lud! Beijo
Lili

delilah disse...

EU quero que você tenha filhos! essa opinião vale? =)