10.6.08

O Caso do Sem-graça

Quando a gente está de dieta, a vida fica muito menos divertida e romântica. Acabam os jantares, as idas à churrascaria, aquela taça de vinho à noite, os chocolates que o Leo gosta de me dar. Não há mais pratos especiais no fim-de-semana, nem a diversão que é prepará-los. São findas as aventuras de experimentar uma nova empada, um outro sabor de milk-shake, a pastelaria que acaba de abrir.

No lugar de todas essas delícias, passamos muitas horas de calor e desconforto caminhando e correndo. Arrumamos dores nos pés, nos joelhos e nas costas. Bufamos e transpiramos e nos avermelhamos.

Ainda bem que a gente reveza entre uma fase e outra.

Um comentário:

delilah disse...

puxa, concordo completamente! a vida fica muito mais chata se temos qualquer restrição, ainda mais se a restrição é de ordem tão importante como COMIDINHAS! =)
não é que eu só pense em comer. é que eu penso muito em comer =)