10.7.08

O Caso dos Doces

Está decidido: a próxima viagem a Paris (em 2009, se tudo correr como planejado) será uma epopéia gastronômica.


Mas como eu e o Leo não somos fã de ostras, caviar ou miúdos, vamos pular os restaurantes e desbravar o maravilhoso caminho das confeitarias francesas.



Já tenho o mapa da mina: a seleção do guia de viagem Frommer’s das melhores patisseries de Paris - http://www.frommers.com/destinations/paris/0062024034.html.


Na última viagem, fomos à Angelina para tomar o melhor chocolate-quente do mundo e a Ladurée para experimentar os melhores macarons. Foram dois pontos altos no passeio. O Leo nunca há de se esquecer do chocolate-quente de chocolate branco que o venceu. Ele não deu conta de tomar tudo!


Desde então ele vem planejando sua revanche.

3 comentários:

Daniela disse...

Ai, isso me deu uma fome...

Camilinha disse...

Amei os macarrons mas acho que não dá pra deixar de fora um belo pato com laranja. Se quiser dar uma esticada, passe em Tour e hospede-se no Domaine de Beauvois (http://www.grandesetapes.fr/fr/Chateau-hotel-beauvois/index.html). Essa cidade tem o melhor sorvete de pistache que eu já comi na minha vida. Se o hotel tiver a oferta especial de Jeune Gourmets e vcs se encaixarem no perfil, não deixem de aproveitar. Esse Jeune Gourmets é para casais com até 35 anos de idade e é um verdadeiro jantar francês. Custava 65 euros por pessoa, mas a comida era deliciosa, além de cada prato ser acompanhado de um vinho diferente e devidamente apresentado pelo sommelier. Im-per-dí-vel para um roteiro gastronômico.

Perto da torre tb tem um restaurante excelente, mas eu não lembro o nome. Fica em uma daquelas ruazinhas, pequenino, mas com a típica comida francesa. A sopa de cebola deles é imperdível...Bom, na França, tudo é imperdível. Divirta-se.

Anônimo disse...

e resta a dúvida:
como ficou o cabelo depois de lavado e passado?
curiosa!
xD