8.7.08

O Casos do Palpites

Eu sei, eu sei, não devo dar opiniões na vida alheia. Afinal, não dão palpite na minha. O que me leva a concluir que: 1) dar pitaco deve ser ruim, e é por isso ninguém me oferece os deles, ou 2) dar pitaco deve ser bom, e aí nesse caso ninguém se preocupa comigo e, portanto, não devo me preocupar com ninguém.

Mas vejam só: como é que eu posso acabar de ler um livro sobre educação financeira e não dividir os insights com a minha irmã que acabou de entrar no mercado de trabalho?

Uma tarde de conversa pode render dividendos por toda uma vida.

Um comentário:

delilah disse...

o problema é a referida irmã acreditar que o livro é de 'educação financeira' e não de 'auto-ajuda' =D
mas quero saber decolé. quando vc vai pra BH? =)