25.8.08

O Caso das Contusões

No sábado eu e o Leo corremos 48 minutos direto. É um recorde pessoal. Ficamos animadíssimos. O problema é que:


1) a parte interna do meu pé direito começou a doer quando eu piso. Não corri ontem e estou esperando ele melhorar, mas até agora nem sinal de recuperação.


2) usei o monitor de freqüência cardíaca e descobri que, ao invés de estar correndo em 70 a 80% da freqüência cardíaca máxima, o que melhora a capacidade cardiovascular e queima gorduras, estou correndo em 80 a 90%, que é exercício anaeróbico. Ou seja, estou ficando exausta ao invés de me condicionar.


3) a faixa do freqüencímetro arrancou um pedaço da minha pele. Isso quer dizer que, até o machucado sarar, não vou poder usar o monitor para aprender a correr no ritmo adequado.


Em suma, ficarei de molho por uns dias. Até botei o tênis pra lavar.



Update: minha amiga Karina me ensinou a alongar o pé (eu nem sabia que dava para alongar o pé!) e a dor sumiu. Agora é salvar o tênis da lavagem, botar algodão debaixo do band-aid do machucado para protegê-lo, usar o freqüêncímetro por cima da blusa e cair na rua!

Nenhum comentário: