29.1.09

O Caso da Mala Reduzidíssima Definitiva

Próximo destino: Las Vegas, Washington e NY

Passagem: até NY, milhagem da TAM. Dali em diante, por conta própria.

Chegada: em Las Vegas, passando por NY.

O inconveniente: apenas duas horas e meia de intervalo entre a chegada em NY e o vôo para Las Vegas.

O problema: se o primeiro vôo atrasar, ou resolverem nos fazer muitas perguntas na imigração americana, a chance de perder o avião para Las Vegas é altíssima.

O paliativo: viajar com uma única mala de bordo.

A razão do paliativo: não gastar tempo resgatando a mala na esteira, nem despachando a bagagem no segundo vôo.

O inconveniente do paliativo: duas pessoas, duas semanas e uma única mala. Pequena.

A solução do inconveniente do paliativo: comprar um monte de roupas por lá, hohohoho. E uma segunda mala.

O segundo inconveniente do paliativo: é proibido colocar na mala que vai a bordo metais (adeus alicate e cortador de unhas) e líqüidos e pastosos (adeus perfume, xampu, condicionador, acetona e hidratante).

A solução do segundo inconveniente do paliativo: comprar tudo por lá, hohohoho. E uma terceira mala.

3 comentários:

Alex Simpson disse...

Pobre Leo...

Delilah disse...

eu fui pra europa com uma mochila nas costas e só =) o negócio é não ter medo de levar pouquinho xampu.

Camilinha disse...

Eu posso viver duas semanas sem perfume, desde que eu passe no Duty Free na volta e compre uns 5... rsrrsrs